- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Rodoviários do Rio começam paralisação de ônibus contra 'verdadeiro estado de escravidão'

Nos siga noTelegram
Nesta segunda-feira (11), o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio (Sintraturb Rio) iniciaram uma paralisação gradual, comunicou a edição Globo. Segundo o presidente do sindicato, Sebastião José, a ação visa evitar "ao máximo que os usuários sejam atingidos plenamente e de uma só vez".

Os rodoviários começaram a se reunir às 20h deste domingo (10), no Centro do Rio, sede do sindicato. Até 6h, ao menos quatro empresas estão paradas: Ideal, Três Amigos, Paranapuan e Real. O número total dos funcionários das quatro companhias corresponde a 4,5 mil. 

Greve dos caminhoneiros, Brasil - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
'Abastecimento está resolvido', diz ministro sobre greve dos caminhoneiros
Entre as principais exigências dos funcionários da categoria, estão um reajuste de 10% nos salários, plano de saúde, volta da data-base para 1º de março, vale-alimentação, vale-refeição, além do fim da dupla função, suspensão das multas e pagamento de atrasados. 

"A categoria vive hoje um verdadeiro estado de escravidão, onde muitos profissionais trabalham mais de 16h por dia", assinalou Sebastião José, citado pela edição, acrescentando que com o fechamento de oito empresas rodoviárias, mais de 6 mil pais de família não sabem o que fazer. 

"Essa situação precisa ter um fim", ressaltou. 

Manifestação de caminhoneiros no Rio de Janeiro como parte de mobilização nacional da categoria contra os preços altos dos combustíveis no Brasil. - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Líder dos caminhoneiros convoca 50 mil para reiniciar a greve... mas só 4 aparecem
Segundo acrescentou o presidente do sindicato, a paralisação será gradual para não atingir os usuários de uma só vez. 

O Rio Ônibus assinalou estar disposto às negociações, e já tinha solicitado ao sindicato dos rodoviários uma sugestão de uma nova agenda de reunião para tentar resolver o impasse. 

Por sua vez, a Secretaria Municipal de Transportes indicou que acompanhará a situação e aplicará sanções em caso de descumprimento de obrigações contratuais.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала