Secretário-geral da OEA comemora 'resolução Pence' sobre Venezuela

Nos siga noTelegram
O secretário-geral da OEA, Luis Almagro, comemorou a aprovação do processo de suspensão da Venezuela.

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Aloysio Nunes, apesar de ter apoiado o processo, afirmou que o grande número de abstenções mostra que a organização está “bastante dividida”.

Países do Caribe criam impasse na reunião da OEA - Sputnik Brasil
OEA aprova resolução que permite suspender Venezuela da organização
A decisão foi feita por meio da aprovação de uma resolução proposta por Brasil, Argentina, Canadá, Chile, Estados Unidos, México, Peru, Paraguai, Guatemala e Costa Rica. No total, 19 países votaram a favor da resolução, 4 contra, e 11 se abstiveram. Próximo passo é convocar assembleia extraordinária para votar a proposta, informou Agência Brasil.

O ministro brasileiro também destacou o fato de muitos países do Caribe, tradicionais aliados da Venezuela, não terem se oposto à resolução. Segundo o ministro, esses países entenderam que "é preciso fazer alguma coisa para deter a marcha" antidemocrática na Venezuela.

O representante da Venezuela, Jorge Arreaza, classificou o texto da OAE de "resolução Pence", em uma referência às gestões do vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, para iniciar a discussão sobre a suspensão. 

Segundo Arreaza, o documento seria "uma carta branca aos Estados Unidos para continuar agredindo a Venezuela".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала