Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Chanceler do Irã: 'Israel exagera escala da presença militar iraniana na Síria'

© AP Photo / Hassan AmmarPartidários do governo sírio acenam com bandeiras sírias, iranianas e russas enquanto cantam palavras de ordem contra o presidente norte-americano Trump durante manifestações em Damasco.
Partidários do governo sírio acenam com bandeiras sírias, iranianas e russas enquanto cantam palavras de ordem contra o presidente norte-americano Trump durante manifestações em Damasco. - Sputnik Brasil
Nos siga no
A presença militar do Irã na Síria é mal interpretada por Israel, disse o ministro das Relações Exteriores da Síria, Walid Muallem.

"A presença do Irã em termos de presença militar na Síria não existe — essas são histórias contadas por Israel", disse Muallem em uma entrevista coletiva.

Soldado israelense caminha em antigo posto militar, usado para visitantes para ver as Colinas de Golã, perto da fronteira com a Síria, em 10 de maio de 2018 - Sputnik Brasil
'Irã está tentando transformar Síria em ponto de apoio para ataques a Israel'
O ministro esclareceu que Teerã limita seu trabalho na Síria ao envio de assessores militares que auxiliam e prestam consultoria ao Exércio sírio. "A presença iraniana é legítima, pois é baseada no pedido do governo sírio, ao contrário da presença dos Estados Unidos", destacou.

Muallem também observou que a Síria é um Estado soberano que tem o direito de escolher independentemente seus aliados na luta contra o terrorismo.

As relações israelenses com o Irã são tensas devido ao programa nuclear de Teerã, retórica hostil e apoio à Síria em sua luta contra grupos terroristas.

De volta pra casa

Na mesma entrevista, o chanceler afirmou que governo sírio fornecerá toda a assistência necessária a seus cidadãos que decidem retornar ao país do Oriente Médio, já que a situação tem melhorado.

"Estamos buscando o retorno dos sírios para suas casas. E forneceremos toda a ajuda necessária àqueles que estão dispostos a retornar", disse em  entrevista coletiva.

U.S. President Donald Trump (L) and Israel's Prime Minister Benjamin Netanyahu speak to reporters before their meeting at the King David Hotel in Jerusalem May 22, 2017 - Sputnik Brasil
Netanyahu e ataques de Israel na Síria podem empurrar Trump para guerra com Irã
O número de refugiados sírios registrados, de acordo com os últimos dados da ONU, é de mais de 5,6 milhões.

Os sírios têm voltado gradualmente para suas casas nos últimos anos devido à reconstrução da infraestrutura social destruída no país. No começo do dia, o Centro Russo de Reconciliação na Síria informou que quase 340 sírios retornaram às suas casas nas províncias de Homs e Damasco, no subúrbio de Ghouta Oriental, nas últimas 24 horas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала