Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

De olho nos votos, 'Frente Nacional' de Marine Le Pen decide mudar de nome

© REUTERS / Charles PlatiauMarine Le Pen, líder do partido francês Frente Nacional e candidata à eleição presidencial francesa de 2017, registra sua cédula em uma zona de votação em Henin-Beaumont, no norte da França durante o primeiro turno das eleições 2017.
Marine Le Pen, líder do partido francês Frente Nacional e candidata à eleição presidencial francesa de 2017, registra sua cédula em uma zona de votação em Henin-Beaumont, no norte da França durante o primeiro turno das eleições 2017. - Sputnik Brasil
Nos siga no
Marine Le Pen, líder do partido de direita francês, anunciou a mudança do nome do partido após referendo entre os membros do partido. Com a mudança, ela pretende desvencilhar-se da imagem de seu pai e alcançar mais eleitores.

O anúncio foi realizado em um congresso na sexta-feira (1) sul da França, na cidade de Lyon. A Frente Nacional passará a ser chamada de Encontro Nacional. 

Um total de 81% dos militantes do partido que participaram do referendo escolheram o nome novo. No entanto, o logo partido, escolhido ainda pelo fundador do partido, Jean-Marie Le Pen, que foi copiado do nefascista Movimento Nacional Italiano.

Ex-presidente francês Nicolas Sarkozy com antigo líder da Líbia, Muammar Kadhafi, durante a visita deste a Paris (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Marine Le Pen: Sarkozy é responsável pela destruição da Líbia e crise de refugiados
Observadores acreditam que as mudança são uma estratégia de Marine Le Pen para buscar os votos das pessoas que apoiam sua imagem conservadora anti-imigrantes e anti-União Europeia, mas que se distanciavam devido às ideias controversas de seu pai, expulso do partido dois anos atrás.

A líder conservadora inclusive já não utilizava o nome Le Pen em seu cartazes de campanha de um ano atrás, quando concorreu à presidência contra Emmanuel Macron.

Jean-Marie Le Pen reagiu com uma declaração chamando as mudanças de "traição" e "negação vergonhosa da identidade do partido, conforme cita a RFI.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала