Tribunal Europeu condena Lituânia e Romênia por manterem prisão secreta da CIA (VÍDEO)

© AFP 2022 / SAUL LOEBLogo da CIA
Logo da CIA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos determinou na quinta-feira (31) que a Lituânia e a Romênia colaboraram com a Agência Central de Inteligência (CIA, na sigla em inglês) nos episódios de tortura de suspeitos da Al-Qaeda.

O tribunal celebrou uma audiência pública em que emitiu a decisão contra a Lituânia em relação a uma prisão secreta para torturar supostos terroristas que a CIA manteve no país báltico entre 2005 e 2006.

O palestino Abu Zubaydah, atualmente detido em Guantánamo, denunciou o governo lituano por colaborar com a CIA no programa secreto e revelou que foi torturado na prisão, situada em território lituano, no período acima citado.

Suspeito de estar vinculado aos ataques de 11 de setembro em Nova York e de ser o primeiro tenente de Osama bin Laden, Zubaydah nunca foi acusado de nenhum crime.

Anteriormente, a agência de vídeos Ruptly obteve imagens do que poderia ter sido uma prisão secreta na Lituânia, onde agentes da CIA detinham suspeitos de terrorismo. Segundo o RT, um morador local informou que antes havia um estábulo no local onde, depois de ser realizada uma demolição, foi dado início a uma nova construção.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала