Analista sobre possível compra de caças Su-57 russos pela Turquia: é um sinal para EUA

© Sputnik / Vladimir Astapkovich / Abrir o banco de imagensCaças Su-57 russos
Caças Su-57 russos - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A mídia turca informou no domingo (27) que Ancara pode optar por comprar caças russos Su-57 em vez dos caças norte-americanos F-35. Uma fonte na indústria militar turca e especialistas comentaram a notícia.

O jornal Yeni Safak havia comunicado que a Turquia pode preferir os Su-57 russos aos F-35 estadunidenses caso os Estados Unidos bloqueiem a entrega dos últimos devido à anterior aquisição pela Turquia do sistema de mísseis antiaéreos russos S-400.

Caça russo da quinta geração Su-57 - Sputnik Brasil
Turquia pode optar por comprar caças russos Su-57 em vez de norte-americanos F-35?
Uma fonte no setor de defesa turco comentou à Sputnik que tais matérias são publicadas com base na opinião de analistas e "não representam a posição oficial de Ancara".

O analista militar russo Igor Korotchenko, por sua vez, acredita que tal cenário é "bem real".

"Há uns anos ninguém podia imaginar que os S-400 pudessem ser vendidos a Ancara, mas hoje tal contrato é um fato consumado ", lembrou Korotchenko.

Ao mesmo tempo, o analista acredita que as notícias sobre a possível compra de caças Su-57 pela Turquia é por enquanto apenas um sinal para Washington.

"Por enquanto parece ser apenas um sinal, transmitido através da mídia turca, para que os EUA não ultrapassem os limites e de que a Turquia tem sempre alternativa. Anunciando tal possibilidade [de compra de caças russos], a Turquia mostra aos Estados Unidos que a chantagem não será aceita", opinou o analista e diretor do Centro de Análise do Comércio Internacional de Armas.

Caça da quinta geração Su-57 - Sputnik Brasil
Su-57 russo supera caças de 5ª geração F-22 e F-35 dos EUA, diz piloto militar
Segundo ele, Moscou pode tomar essa decisão para fortalecer as relações estratégicas com Ancara. Mas a venda dos Su-57 à Turquia apenas será possível quando a aeronave passar por todos os testes e for incorporada na Força Aeroespacial russa.

Em dezembro de 2017, a Turquia e a Rússia assinaram um acordo de venda do sistema de mísseis S-400. Ancara comprará duas baterias do sistema, que serão operadas por pessoal turco. As partes também concordaram em manter cooperação tecnológica na área de produção de sistemas de defesa antiaérea na Turquia.

Os Estados Unidos e representantes da OTAN criticaram várias vezes Ancara pelo acordo em questão com Moscou.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала