Tesouro dos EUA promete revogar sanções contra o grupo russo GAZ

© Sputnik / Grigoriy Sisoev / Abrir o banco de imagensCaminhões GAZ Group UEX NEXT, exibidos na exposição Construction Equipment and Technologies em Moscou.
Caminhões GAZ Group UEX NEXT, exibidos na exposição Construction Equipment and Technologies em Moscou. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos consideram remover as sanções impostas ao grupo russo GAZ se Oleg Deripaska ceder o controle da empresa, informou o Departamento de Controle de Ativos Estrangeiros do Departamento do Tesouro dos EUA (OFAC) em uma nova publicação em seu site nesta terça-feira.

"Consistente com os regulamentos do OFAC, as partes podem ser removidas demonstrando uma mudança nas circunstâncias que levaram à sua designação. No caso do GAZ Group, sem outras informações adversas e consistentes com os fatos e circunstâncias de qualquer petição de exclusão, os Estados Unidos fornecerão alívio de sanções através do desinvestimento e do abandono do controle do GAZ Group por quaisquer cidadãos especialmente designados, incluindo Oleg Deripaska", disse a comissão do OFAC.

Moeda de rublo em frente ao Kremlin, em Moscou - Sputnik Brasil
Economia dos EUA sofrerá prejuízos por introduzir sanções contra a Rússia, diz senadora
No início do mês, o Tesouro emitiu orientações similares relacionadas ao Rusal e ao En + Group, da Rússia, dizendo que os Estados Unidos poderiam reverter as sanções às empresas se Deripaska renunciasse a seu controle. Ele deixou o cargo de diretor do Grupo En + na sexta passada.

Em sua orientação recém-divulgada, o Tesouro dos EUA também anunciou que Washington prorrogou o prazo para os investidores americanos encerrarem seus negócios com o grupo russo GAZ, em conformidade com as novas sanções impostas.

Há dois meses, os Estados Unidos impuseram novas sanções contra a Rússia, afetando uma série de importantes empresários e empresas controladas por eles. O bilionário Deripaska e suas empresas En + Group, GAZ, Basic Element e Rusal foram incluídos na lista.

Sessão da Duma, na Rússia. - Sputnik Brasil
Rússia dará resposta 'proporcional' às sanções dos EUA, diz legislador russo
Em 27 de abril, Deripaska concordou em reduzir sua participação no Grupo En + abaixo de 50% e deixar o conselho de diretores da empresa depois que a OFAC disse que poderia considerar mais sanções para a Rusal sob certas circunstâncias, particularmente se Deripaska não renunciasse ao controle da empresa.

No entanto, um porta-voz do Departamento do Tesouro dos EUA disse à Sputnik que a redução da participação do Deripaska no Grupo En + não garantiria necessariamente que as sanções à empresa fossem suspensas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала