Avaliações norte-americanas de testes de mísseis russos 'surgem do nada', diz especialista

© Sputnik / Grigory Sysoev / Abrir o banco de imagensCaças MiG-31 com mísseis hipersônicos Kinzhal
Caças MiG-31 com mísseis hipersônicos Kinzhal - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Segundo declarou o canal norte-americano CNBC com referência a fontes informadas sobre o relatório da inteligência dos EUA, os testes do míssil de cruzeiro russo com gerador nuclear fracassaram.

No entanto, o canal relatou que outra elaboração russa — o míssil supersônico com ogiva nuclear — está sendo testada com sucesso, e que os EUA no momento são vulneráveis perante ele.

Tanque modernizado das Forças Armadas da Rússia T-72B3 - Sputnik Brasil
EUA se preocupam demais com objetos militares russos, opina analista
"Segundo a avaliação dos EUA, o voo de teste [do míssil de cruzeiro com gerador nuclear] mais prolongado durou um pouco mais de dois minutos, durante os quais o míssil percorreu mais de 35 quilômetros. Depois disso, o míssil ficou descontrolado e caiu. O teste mais curto durou quatro segundos com um voo de 8 quilômetros", assegura o canal.

Na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, o especialista militar Igor Korotchenko comentou os dados do canal de televisão norte-americano.

"Como se pode confiar em um canal televisivo que, além disso, se refere a umas fontes. Essas fontes podem surgir do nada. O nosso comandante supremo disse claramente que os testes do míssil de cruzeiro com gerador nuclear estão decorrendo bem. Isto significa que os fatos correspondem com toda certeza à realidade. A Rússia possui as competências necessárias, e as tecnologias nucleares russas até agora superam as norte-americanas — especialmente no que se refere à criação de geradores nucleares", ressaltou.

Míssil balístico intercontinental russo R-36M2, antecessor do RS-28 Sarmat - Sputnik Brasil
Satã pacífico: saiba características do ICBM russo transformado em foguete-portador
Korotchenko adicionou que por isso não vale reagir a cada relato transmitido por canais norte-americanos. O especialista ressalta que, de qualquer modo, ninguém vai mostrar armas que são classificadas como secretas até a sua entrada em serviço.

Ao comentar o segundo míssil que, conforme o CNBC, passou por testes com sucesso, eles têm em vista o míssil de cruzeiro Kinzhal demonstrado na Parada Militar em 9 de maio portado por caças MiG-31K e que os militares estrangeiros viram com seus próprios olhos, resumiu Korotchenko.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала