EUA e China decidem aumentar cooperação comercial

© AP Photo / Andrew HarnikBandeira da China exibida ao lado da bandeira dos Estados Unidos no complexo da Casa Branca, em Washington (arquivo)
Bandeira da China exibida ao lado da bandeira dos Estados Unidos no complexo da Casa Branca, em Washington (arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos e a China concordaram em adotar medidas efetivas para reduzir o déficit comercial dos EUA, o que implicará no aumento da importação de produtos norte-americanos por Pequim.

"Houve um consenso em tomar medidas eficazes para reduzir substancialmente o déficit comercial dos EUA com a China", diz a declaração conjunta divulgada pelos dois países neste sábado e reproduzida pela agência Reuters. "Para atender às crescentes necessidades de consumo do povo chinês e à necessidade de desenvolvimento econômico de alta qualidade, a China aumentará significativamente as compras de bens e serviços dos Estados Unidos. Isso ajudará a apoiar o crescimento e o emprego nos Estados Unidos".

O comunicado resulta de uma rodada de conversações bilaterais que contou com a participação de vários secretários de gabinete dos EUA e do vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, concretizando em parte uma promessa de campanha do agora presidente dos EUA, Donald Trump, que sempre defendeu a redução do déficit comercial com a China.

"Encontrei o vice-premiê Liu He e a delegação comercial chinesa no Departamento do Tesouro hoje. Tivemos importantes discussões sobre o reequilíbrio do relacionamento comercial entre os EUA e a China", afirmou anteontem o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала