Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Ação dos EUA arruinou processo de paz no Oriente Médio', diz ministro turco

© AFP 2021 / ADEM ALTANMinistro de Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu
Ministro de Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu - Sputnik Brasil
Nos siga no
Ancara considera a transferência da embaixada dos Estados Unidos em Israel de Tel-Aviv para Jerusalém como uma grande provocação, disse o ministro turco das Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu, ressaltando que outros países não devem seguir o exemplo dos EUA.

Na segunda-feira (14), os Estados Unidos transferiram sua embaixada de Tel-Aviv para Jerusalém, reconhecendo oficialmente a cidade como a capital de Israel.

"Para resolver a questão palestina, todos devem colocar suas pedras no chão, se unir e impedir que outros países sigam o exemplo dos EUA. A ação dos EUA arruinou todo o processo de paz no Oriente Médio. A realocação da embaixada é um a grande provocação. É hora de acabar com a ocupação e a política violenta de Israel", disse Cavusoglu em uma reunião ministerial dos países membros da Organização de Cooperação Islâmica (OCI).

Israeli Prime Minister Benjamin Netanyahu (L) and his son Yair visit, on March 18, 2015, the Wailing Wall in Jerusalem following his party Likud's victory in Israel's general election - Sputnik Brasil
Boca suja: filho de Netanyahu publica ofensa à Turquia no Instagram (FOTO)
Ainda hoje espera-se que a OIC divulgue a adoção de uma resolução que incluirá uma provisão afirmando que mudar o status de Jerusalém é inaceitável, de acordo com o ministro turco. O documento será adotado na cúpula extraordinária da OIC em Istambul, organizada após a escalada da violência na Faixa de Gaza.

Grandes conflitos envolveram a fronteira de Gaza na segunda-feira (14), em vista do 70º aniversário do estabelecimento de Israel e da realocação da embaixada. Durante os protestos, os militares israelenses usaram força letal contra os ativistas, o que resultou na morte de mais de 60 palestinos.

Israel se apoderou da então Jerusalém Oriental controlada pela Jordânia durante a Guerra dos Seis Dias, em 1967. Em 1980, o parlamento israelense adotou a Lei de Jerusalém proclamando toda a cidade capital indivisível de Israel. A comunidade internacional não reconhece a anexação e acredita que o status de Jerusalém deve ser acordado com os palestinos.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала