Militares israelenses atacam posto do Hamas no norte da Faixa de Gaza

© AFP 2022 / JACK GUEZTanque israelense próximo à fronteira entre Israel e Faixa de Gaza, Israel
Tanque israelense próximo à fronteira entre Israel e Faixa de Gaza, Israel - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As ações das Forças de Defesa de Israel (IDF) representam uma resposta aos ataques contra seus militares, afirma o porta-voz do exército do país.

Não foram divulgadas nenhumas informações sobre vítimas depois do ataque israelense lançado contra um dos postos do Hamas no norte da Faixa de Gaza.

"Em resposta ao fogo disparado de Gaza contra as Forças de Defesa de Israel foi usado um tanque. [Os militares] atacaram um posto militar do grupo terrorista Hamas", afirmou.

Anteriormente, as Forças de Defesa israelense afirmou que um avião militar e um tanque atingiram outras posições militares do Hamas depois de homens armados do Hamas supostamente terem atirado contra as forças israelenses.

Os militares israelenses mantêm uma presença significativa na fronteira com a Faixa de Gaza em meio aos protestos em massa dos palestinos.

Manifestante com a bandeira da Palestina - Sputnik Brasil
'Terrível': ONU exige investigação minuciosa sobre massacre de Israel na Faixa de Gaza
Esta terça-feira (16) marca o 70º aniversário do êxodo palestino que ocorreu como resultado da declaração de independência de Israel em 1948.

Os protestos perto da Faixa de Gaza da segunda-feira (15) ocorreram na data em que se comemora os 70 anos da formação de Israel. No mesmo dia os EUA realizaram a cerimônia de inauguração que marca a mudança da embaixada norte-americana em Israel de Tel-Aviv para Jerusalém.

Segundo as últimas informações, 61 palestinos foram mortos nos confrontos e mais de 2,7 mil ficaram feridos. O líder palestino Mahmoud Abbas, como resultado do derramamento de sangue da segunda-feira (14), declarou um luto de três dias.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала