Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Governo da Nicarágua pede que OEA investigue mortes no país

© Sputnik / Sergey Guneev / Abrir o banco de imagensSigning joint documents following the results of Russian-Nicaraguan talks in the Kremlin
Signing joint documents following the results of Russian-Nicaraguan talks in the Kremlin - Sputnik Brasil
Nos siga no
O governo da Nicarágua solicitou o envio de um grupo da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) para investigar as mortes de pelo menos 50 pessoas nos protestos que há um mês ocorrem em todo o país.

O pedido foi publicado nesta segunda-feira, no Twitter, pelo secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), o uruguaio Luís Almagro. A CIDH é um órgão autônomo da OEA, criado para defender e promover os direitos humanos no continente, informou Agência Brasil.

Alunos da Universidade Pública da Universidade Agrária (UNA) protestam contra reformas que implementam mudanças nos planos de pensão do Instituto Nacional de Seguro Social da Nicarágua (INSS). - Sputnik Brasil
EUA retiram diplomatas da Nicarágua devido a violência
A investigação por uma organização independente foi também pedida pela Igreja Católica, que assim concordará em mediar o diálogo entre grupos de manifestantes e o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega.

Desde o dia 18 de abril Nicarágua vive intensos protestos. A Igreja Católica, através de seus bispos no país, pediu o fim de grupos paramilitares e uma missão da CIDH. 

Os distúrbios mais violentos desde o fim da guerra civil no país em 1990, foram provocados pela reforma da previdência, revogada pelo governo após os protestos. A medida, no entanto, não foi suficiente para acalmar as manifestações.

Universitários, agricultores e empresários se uniram aos protestos contra Ortega, que, em 2016, conquistou seu terceiro mandato consecutivo.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала