EUA conclamam 'nações responsáveis' para pressionar o Irã

© REUTERS / Joshua RobertsO presidente dos EUA, Donald Trump, próximo ao Air Force One em voo para Palm Beach.
O presidente dos EUA, Donald Trump, próximo ao Air Force One em voo para Palm Beach. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos estão pedindo ao que chamaram de países "responsáveis" em todo o mundo para que exerçam mais pressão sobre o Irã para suspender suas atividades 'desestabilizadoras' no Oriente Médio, informou a Casa Branca em comunicado divulgado nesta sexta-feira (11).

"Já esta semana, o IRGC (Corporação dos Guardas da Revolução Islâmica do Irã [na sigla em inglês]) disparou foguetes contra cidadãos israelenses, e os representantes do Irã no Iêmen lançaram um míssil balístico em Riad", afirma o comunicado segundo a agência Reuters.

“Essas ações são mais uma prova de que as ações imprudentes do regime iraniano representam uma grave ameaça à paz e segurança regionais. É hora de as nações responsáveis pressionarem o Irã a mudar esse comportamento perigoso”.

US President Donald Trump escorts British Prime Minister Theresa May after their meeting at the White House in Washington, US, January 27, 2017. - Sputnik Brasil
Trump e Theresa May querem combater 'atividade desestabilizadora' do Irã
O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou no início da semana que os Estados Unidos se retirariam do acordo nuclear com o Irã, formalmente conhecido como Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA). O presidente também prometeu voltar a impor o mais alto nível de sanções econômicas contra o Irã em resposta ao desenvolvimento de seu programa nuclear.

Após o anúncio de Trump, os líderes da França, Alemanha e Reino Unido expressaram seu pesar pela decisão dos EUA em uma declaração conjunta, enfatizando o compromisso de seus países com o JCPOA.

Em 2015, a União Europeia, junto à China, Alemanha, França, Rússia, Reino Unido e Estados Unidos assinaram o Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA) com o Irã. O acordo estipulou a retirada gradual de sanções contra Teerã em troca do país reduzir seu programa nuclear e permitir inspeções rigorosas para garantir que a natureza do programa seja pacífica.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала