Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Navalny e mais 1.600 manifestantes são presos em Moscou durante protesto contra Putin

© AP Photo / Sem autor identificadoPoliciais prendem manifestante em Moscou, 5 de maio de 2018.
Policiais prendem manifestante em Moscou, 5 de maio de 2018. - Sputnik Brasil
Nos siga no
O político oposicionista Aleksei Navalny e outros 1.600 manifestantes - segundo a ONG OVD-Info - foram detidos em 26 cidades da Rússia neste sábado (5) após protestos contra o presidente Vladimir Putin.

O Ministério do Interior da Rússia afirma que "cerca de 300" pessoas foram presas em Moscou durante um "evento não autorizado" pela "violação da ordem pública". 

Russian President Vladimir Putin and US President Donald Trump are seen here ahead of the group photo ceremony for the Asia-Pacific Economic Cooperation leader - Sputnik Brasil
Trump ainda disposto a conversar com Putin, garante a Casa Branca
Navalny havia conseguido a autorização das autoridades para realizar seu ato em um local de Moscou, mas preferiu realizar o evento em outra localidade. 

A manifestação foi convocada sob o lema de "Ele não é o nosso czar". "O velho covarde Putin acha que ele é um czar", escreveu Navalny no Twitter.

O opositor Navalny foi impedido de participar das últimas eleições presidenciais por decisão da Comissão Central Eleitoral da Rússia por ter uma condenação na justiça. Ele, todavia, diz que a condenação é apenas um pretexto falso para impedi-lo de concorrer. 

O vencedor do pleito foi Putin, que foi reeleito com 76% dos votos e tomará posse de seu novo mandato na segunda-feira. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала