Mísseis hipersônicos russos Kinzhal serão apresentados na Parada da Vitória

© Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia / Abrir o banco de imagensForça Aeroespacial da Rússia realiza teste do sistema de mísseis hipersônicos Kinzhal
Força Aeroespacial da Rússia realiza teste do sistema de mísseis hipersônicos Kinzhal - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Caças russos MiG-31, equipados com sistema de mísseis para aviação Kinzhal, irão participar da 73ª Parada da Vitória que vai decorrer na Praça Vermelha, em Moscou, no dia 9 de maio de 2018.

"Além dos aviões modernos Su-57 [caça de 5ª geração], Su-30SM e MiG-29 SMT, na parte aérea da celebração irão participar os MiG-31K modernizados, equipados com o novíssimo sistema de mísseis para aviação Kinzhal", confirmou o ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu.

Ademais, de acordo com o ministro, na parada serão demonstrados outros modelos de armas e material militar moderno. Entre eles, sistema de defesa antiaérea Tor-M2, veículos de combate Terminator, veículos robôs Uran-6 e Uran-9, VANT modernos e muito mais.

Caças multifuncionais Su-30SM da esquadrilha de acrobacia aérea Russkie Vityazy e caças multifuncionais MiG-29 da esquadrilha de acrobacia aérea Strizhy participam do ensaio da parte aérea da 73ª Parada da Vitória que se realizará na Praça Vermelha, em Moscou, em 9 de maio de 2018 - Sputnik Brasil
Toda a fina flor da aviação russa em pleno ensaio da Parada da Vitória
Anteriormente, o presidente russo, Vladimir Putin, durante seu discurso perante a Assembleia Federal apresentou novas armas que não possuem análogos no mundo. Trata-se do sistema de mísseis Sarmat e o sistema de mísseis para aviação Kinzhal, além de outros futuros desenvolvimentos.

Vladimir Putin observou que a Rússia não ameaça ninguém e não tem intenção de atacar, no entanto, os novos desenvolvimentos irão garantir a segurança do país.

De acordo com especialistas, o surgimento de tal tipo de armas tornará inútil todo o sistema de defesa antiaérea dos EUA.

Neste contexto, os militares norte-americanos reagiram imediatamente ao discurso de Putin. Assim, John E. Hyten, chefe do Comando Estratégico das Forças Armadas dos EUA, afirmou que os EUA precisam desenvolver um sistema de radares de posicionamento orbital a fim de fazer frente às armas hipersônicas. Segundo ele, o Pentágono reconhece que sistemas de detecção terrestres são insuficientes.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала