Indiana morre sufocada em esterco depois de ser mordida por cobra (IMAGENS FORTES)

© AFP 2022 / NOAH SEELAMMulheres hindus oferecem orações a estátuas de cobras durante o festival de Nag Panchami, Índia, 28 de julho de 2017
Mulheres hindus oferecem orações a estátuas de cobras durante o festival de Nag Panchami, Índia, 28 de julho de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma indiana de 35 anos de idade, foi mordida por uma cobra e morreu depois de ter sido enterrada viva como uma tentativa de salvá-la, reporta o jornal The Mirror.

A indiana chamada Devendri, moradora do distrito de Bulandshahr, na província de Uttar Pradesh, recolhia lenha quando foi mordida na mão por uma cobra. Depois de algum tempo, seu estado piorou e ela juntamente com o marido Mukesh resolveram pedir ajuda a um encantador de serpentes local. Ele explicou que seria necessário enterrá-la viva com esterco de vaca, que "sugaria o veneno". O casal em desespero concordou com o ritual.

Depois de 75 minutos debaixo do esterco, Devendri morreu sufocada. Seu marido, pai de cinco filhos, disse que não esperava por isso.

"O encantador de serpentes tinha certeza que isso ajudaria. Eu não poderia imaginar que ela morreria", disse Mukesh.

O próprio encantador confirmou que a mulher faleceu devido à falta de ar.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала