Chefe do Comitê Olímpico Russo perderá filiação no COI, diz Bach

© Sputnik / Evgueny Biyatov / Abrir o banco de imagensAleksandr Zhukov, presidente do Executivo do Comitê Olímpico da Rússia, após uma sessão em Moscou
Aleksandr Zhukov, presidente do Executivo do Comitê Olímpico da Rússia, após uma sessão em Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente do Comitê Olímpico Russo (COR), Alexander Zhukov, deve perder sua condição de membro do Comitê Olímpico Internacional (COI) depois que decidiu não concorrer à nova nomeação, disse o presidente do COI, Thomas Bach, nesta quinta-feira.

"Ouvimos dizer que Alexander Zhukov não será candidato nas eleições. Isso significa que, com a eleição de um novo presidente do Comitê Olímpico Russo, ele perderá sua posição como membro do Comitê Olímpico Internacional", afirmou Bach a repórteres em uma conferência de imprensa.

Cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Inverno 2018 em PyeongChang - Sputnik Brasil
COI restitui direitos do Comitê Olímpico da Rússia, diz fonte

Zhukov, que lidera o comitê russo desde 2010, anunciou na quarta-feira sua decisão de renunciar depois que um novo chefe for eleito em 29 de maio.

O COR foi temporariamente suspenso devido ao escândalo de doping em dezembro de 2017. Diante disso, apenas 169 atletas da Rússia foram autorizados a participar das Olimpíadas de Inverno sul-coreanas como neutros.

A proibição do COI foi suspensa em 28 de fevereiro após exames de doping. Zhukov foi reintegrado em abril como presidente da Comissão de Coordenação do COI para as Olimpíadas de Inverno de 2022, que acontecerão em Pequim.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала