Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Crise militar: maioria dos caças Eurofighter Typhoon da Bundeswehr apresenta deficiências

Nos siga no
As autoridades alemãs anunciaram recentemente a intenção de gastar mais de 450 milhões de euros na modernização das forças armadas do país somente em 2018. Os equipamentos militares do país parecem revelar mais deficiências a cada dia.

A maioria dos 128 jatos Eurofighter Typhoon usados ​​pela Força Aérea Alemã revelaram sérias deficiências e não são mais adequados para operações militares, informou a revista alemã Spiegel.

Tanque Leopard 2 durante demonstração na Alemanha (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Exército alemão vai investir milhões em armas e equipamentos, dizem jornais
De acordo com a mídia, os engenheiros detectaram problemas no sistema de autoproteção da aeronave, que supostamente detecta os inimigos e garante a sobrevivência do jato durante as operações militares.

O relatório diz que sérios problemas de funcionamento desabilitam os sensores, tornando os jatos literalmente "cegos" e reduzindo a eficácia do seu uso.

Sem este sistema, a aeronave não pode ser usada em operações da OTAN, escreveu a revista, acrescentando que o exército alemão está enfrentando sérios desafios em termos de cumprir suas obrigações no âmbito do bloco militar.

O Eurofighter Typhoon é um caça de quarta geração. A aeronave, que entrou em serviço em 2003, é fabricada pela Eurofighter GmbH e compõe as forças aéreas da Alemanha, Itália, Espanha, Grã-Bretanha, Áustria e Arábia Saudita.

O jornal Handelsblatt, por outro lado, informou que as Forças Armadas da Alemanha — Bundeswehr — pretendem gastar mais de 450 milhões de euros em modernização somente no ano de 2018.

Veículo de combate Puma da Bundeswehr (Forças Armadas da Alemanha) durante exercícios militares no noroeste do país - Sputnik Brasil
Será que Alemanha carece de tanques para cumprir missões da OTAN?
A medida foi adotada em meio aos relatos de que o exército alemão vem sofrendo escassez de equipamentos e de pessoal.

Por exemplo, em 31 de março de 2018, surgiram notícias de um relatório confidencial do Ministério da Defesa da Alemanha alertando sobre o estado "ultrapassado" da frota de caças de combate do modelo Tornado. A aeronave seria incapaz de participar das missões da OTAN, já que não possui um sistema de comunicação criptografado e a inteligência coletada pela aeronave permanece vulnerável à interceptação.

Anteriormente, outra revista alemã informou que mais da metade dos tanques Leopard 2 da Bundeswehr alemã não estava pronta para operação. Segundo a matéria, Bundeswehr possui 244 tanques deste tipo, mas apenas 95 deles estão em prontidão total de combate.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала