Trump sugere que reunião com Kim Jong-un aconteça na fronteira entre as Coreias

© AP Photo / Ahn Young-joonPresidente dos EUA, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, dividem a tela
Presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, dividem a tela - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos EUA, Donald Trump, sugeriu nesta segunda-feira (30) que o aguardado encontro com o líder norte-coreano Kim Jong-un aconteça na Casa da Paz, na fronteira entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul, o mesmo local da histórica reunião de Kim com o presidente sul-coreano.

"Numerosos países estão sendo considerados para a reunião, mas a Casa da Paz/Casa da Liberdade, na fronteira da Coreia do Norte e da Coreia do Sul, seria um local mais representativo, importante e duradouro do que um país terceiro? Só perguntando!", publicou Trump escreveu em um post no Twitter.

Cúpula histórica entre os líderes da Coreia do Norte, Kim Jong-un e da Coreia do Sul, Moon Jae-in, em 27 de abril de 2018 - Sputnik Brasil
EUA e Coreia do Sul discutem desnuclearização de Pyongyang e pedem decisão diplomática
Na semana passada, o líder norte-coreano Kim Jong-un disse que seu país pararia os testes nucleares e o lançamento mísseis balísticos intercontinentais, além de encerrar um local de testes nucleares. Trump saudou o anúncio chamando-o de um "grande progresso".

Na sexta-feira, Trump disse que faria uma reunião com o líder norte-coreano nas "próximas semanas" e que o local da reunião havia sido reduzido a dois ou três locais.

Aconteceu nesta sexta-feira (27) a primeira parte das negociações oficiais dos dois líderes coreanos. A reunião histórica aconteceu em Panmunjom, na zona desmilitarizada que separa os dois países. Pouco antes de se sentarem à mesa de negociações, os dois líderes se cumprimentaram na linha de demarcação militar trocando aperto de mão.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала