Descoberta macabra no Peru revela o maior sacrifício infantil da história (FOTO)

© AP Photo / Sebastian CastanedaUm indígena peruano, vestido como um rei inca, faz uma oferenda durante a cerimônia "Chaccu", um ajuntamento anual de vicunhas, na Reserva Nacional de Pampa Galeras, Peru, 24 de junho de 2015
Um indígena peruano, vestido como um rei inca, faz uma oferenda durante a cerimônia Chaccu, um ajuntamento anual de vicunhas, na Reserva Nacional de Pampa Galeras, Peru, 24 de junho de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Há cerca de 550 anos, mais de 140 crianças foram mortas ao mesmo tempo na costa norte do Peru.

Arqueólogos descobriram os restos mortais de crianças pré-hispânicas que podem evidenciar o maior caso conhecido de sacrifício praticado em ritual de oferenda aos deuses. A descoberta aconteceu em um antigo local de sacrifício nas cercanias da cidade de Trujillo, no norte do país, e inclui esqueletos de mais de 140 crianças e 200 filhotes de lhamas.

Pesquisadores da Universidade de Trujillo e da Universidade de Tulane (EUA) acreditam que as vítimas foram mortas há cerca de 550 anos, durante um ritual indígena ao pé de um penhasco. Este lugar era então a capital do antigo império Chimú, uma civilização pré-colombiana conquistada pelos incas cerca de uma década após a época em que foi feito o sacrifício em massa.

Os restos mortais das crianças encontradas indicam que elas tinham entre 5 e 14 anos de idade no momento da morte. A maioria delas foi enterrada com os olhos voltados para o mar e os animais com vista para as montanhas dos Andes.

Os cientistas relatam que várias crianças e animais apresentavam costelas deslocadas e cortes no esterno, o que sugere que seus corações teriam sido removidos no ritual.

"Eu, por exemplo, nunca esperava isto. […] Acho que ninguém esperava", disse John Verano, antropólogo e físico da Universidade de Tulane, à National Geographic.

Os pesquisadores pressupõem que esse assassinato em massa poderia ter sido perpetrado em resposta a uma grave catástrofe natural. Nesse caso, segundo eles, os índios teriam escolhido sacrificar crianças em vez de humanos adultos para obter um maior favor dos deuses.

Até hoje, o maior sacrifício ritual de crianças de que havia evidências é o de 42 vítimas feito em um templo da cidade asteca de Tenochtitlán, que hoje é a Cidade do México.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала