Pilotos americanos são alarmados devido a raios laser perto da base chinesa em Djibuti

Nos siga noTelegram
Na sexta-feira (27), o exército dos Estados Unidos avisou seus pilotos que tenham "extremo cuidado" no espaço aéreo de Djibuti devido a armas a raio laser de alta potência que, segundo relatos, estão sendo disparadas perto de base naval chinesa.

"Tem havido muitos eventos de laser envolvendo armas a laser de alta potência nas proximidades da [área] N1135.70 EO4303.14", afirmaram oficiais de segurança da aviação dos EUA no documento de informações para pilotos (NOTAM, na sigla em inglês).

Segundo informações, as coordenadas citadas no documento apontam para uma localização a 750 metros da base do exército chinês em Djibuti.

"Tenham extremo cuidado quando passarem por esta área", sublinha o aviso.

Bombardeiro estratégico B-52 da Força Aérea dos EUA - Sputnik Brasil
Bombardeiros dos EUA sobrevoam proximidades do mar do sul da China
A Administração Federal de Aviação norte-americana chamou as atividades laser de "não autorizadas".

Djibuti tem uma localização estratégica no chamado Corno da África ou Nordeste Africano. Os Estados Unidos também possuem no país uma base, em Camp Lemonnier. O país também abriga bases do Japão e Itália, assim como uma base da França onde estão instaladas tropas espanholas e alemãs.

A base chinesa em Djibuti é a primeira instalação militar do gigante chinês no exterior.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала