Supostos jihadistas matam 40 tuaregues no norte do Mali

© AP Photo / StringerMilitantes islamitas ligados à Al-Qaeda, Timbuktu, Mali (foto de arquivo)
Militantes islamitas ligados à Al-Qaeda, Timbuktu, Mali (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Supostos jihadistas teriam matado 40 tuaregues em dois ataques na região de Menaka, no norte do Mali. A informação foi divulgada pelo governador da região neste sábado (28).

O governador de Menaka, Daouda Maiga, disse que os ataques aconteceram nas remotas aldeias desérticas de Awakassa na sexta-feira e em Anderanboucane, um dia antes.

Soldados das forças de paz da ONU no Mali - Sputnik Brasil
Ataque contra capacetes azuis no Mali deixa 2 mortos e 10 feridos
A crise no Mali entrou eclodiu em 2011, após a derrubada do regime de Muammar Gaddafi na Líbia, quando o território maliano foi invadido por muitos refugiados tuaregues.

Depois de ocupar as áreas do norte do Mali, tuaregues proclamaram o Estado independente de Azawad, mas mais tarde foram expulsos destes territórios por grupos armados.

O Conselho de Segurança da ONU aprovou em 2013 para enviar ao país a Missão Multidimensional de Estabilização Integrada no Mali.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала