Donald Trump decide mais uma vez não comparecer a tradicional jantar dos jornalistas

© AP Photo / Cliff OwenO presidente dos Correspondentes da Casa Branca, Jeff Mason, correspondente da Casa Branca à Reuters, senta-se em sua cadeira enquanto os jornalistas Bob Woodward e Carl Bernstein conversam durante o jantar da associação em Washington.
O presidente dos Correspondentes da Casa Branca, Jeff Mason, correspondente da Casa Branca à Reuters, senta-se em sua cadeira enquanto os jornalistas Bob Woodward e Carl Bernstein conversam durante o jantar da associação em Washington. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O jantar da Associação dos Correspondentes da Casa Branca não contará, pelo segundo ano consecutivo, com o seu principal convidado: o presidente dos EUA, Donald Trump, que mais uma vez decidiu não comparecer ao evento.

Conhecido por ser profundamente avesso a críticas, Trump, ao invés disso, vai sediar uma manifestação comemorativa cuidadosamente roteirizada no estado de Michigan, frequentada apenas por aqueles que foram examinados quanto ao firme apoio ao presidente norte-americano.

Presidente dos EUA, Donald Trump, conversa por telefone com a primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel, na Sala Oval da Casa Branca - Sputnik Brasil
Trump quebra tradição de jantar com imprensa e desafia mídia com números da dívida dos EUA
Iniciado em 1921, o jantar anual da Associação de Correspondentes da Casa Branca (WHCA) é uma tradição de Washington DC, normalmente frequentada pelo presidente e vice-presidente, juntamente com suas esposas e assessores próximos.

O evento deste ano ocorrerá como planejado, mesmo sem o Trump e será apresentado pela colaboradora e comediante do The Daily Show, Michelle Wolf. Em entrevista ao apresentador Jimmy Kimmel na terça (17), Wolf desafiou o presidente a comparecer ao jantar.

Com renda revertida para a caridade, a cerimônia é uma celebração da Primeira Emenda da Constituição dos EUA, ao garantir a liberdade de imprensa e de expressão a todos os cidadãos.

Fake news - Sputnik Brasil
Quase metade dos americanos acredita que a mídia inventa notícias sobre Trump
Trump tem consistentemente classificado os veículos de imprensa opositores como "inimigos do povo americano".

Depois que Trump se esquivou do jantar no ano passado, muitos notaram que o último presidente dos Estados Unidos a não participar do evento foi Ronald Reagan, embora a desculpa à época fosse válida: Reagan se recuperava em um hospital, após ser baleado em uma tentativa de assassinato.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала