'50 Tons': Policiais são chamados para investigar crime e acabam em sessão de bondage

CC0 / Pixabay / Imagem ilustrativa de apelo sexual
Imagem ilustrativa de apelo sexual - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um morador da cidade alemã de Neustadt ligou para a polícia relatando um suposto caso de abuso em um apartamento vizinho ao seu. Mas, quando os agentes entraram em cena, acabaram descobrindo que tudo não passou de um grande mal-entendido.

A suspeita do responsável pela denúncia se deu após ele ver uma mulher amarrada e nua sendo cercada por dois homens em um quarto próximo ao seu. Entretanto, o que parecia ser uma tentativa de abuso não passava de uma aula prática de bondage, de acordo com as autoridades.

Em nota divulgada após o incidente, intitulada "Cinquenta Tons de Neustadt", a polícia explicou que o responsável pelo apartamento seria um professor de artes eróticas e estava compartilhando os seus ensinamentos com um casal quando foi interrompido pelos agentes, que foram convidados a participar da sessão mas "recusaram educadamente". 

"O inquilino do apartamento, um professor de bondage japonesa Shibari, estava instruindo um casal na arte erótica", diz o comunicado, explicando que todos os envolvidos estavam de total acordo com a ação e de bom humor. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала