Para 60% dos alemães, relação com os EUA está no pior momento desde a 2ª Guerra

© REUTERS / John MacDougallPresidente francês, Emmanuel Macron, chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente norte-americano, Donald Trump, conversam antes do encontro do G-20, em Hamburgo, na Alemanha, em 7 de julho de 2017.
Presidente francês, Emmanuel Macron, chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente norte-americano, Donald Trump, conversam antes do encontro do G-20, em Hamburgo, na Alemanha, em 7 de julho de 2017. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Mais de 60% dos alemães acreditam que as relações do país com os Estados Unidos atingiram o seu ponto mais baixo desde a 2ª Guerra Mundial, segundo informou a mídia local nesta sexta-feira (27), citando uma pesquisa do instituto de pesquisa YouGov.

De acordo com o jornal Handelsblatt, 69% dos entrevistados disseram que os laços bilaterais entre os países pioraram depois que Donald Trump se tornou presidente. Por outro lado, 17% acreditam que nada mudou.

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, recebe a chanceler alemã, Angela Merkel, na Casa Branca - Sputnik Brasil
Merkel: acordo com Irã não é suficiente para conter programa nuclear
A pesquisa ainda aponta que 48% dos alemães acreditam que a política de Trump seria a principal ameaça à paz mundial, enquanto 21% afirmam o mesmo da política do líder norte-coreano Kim Jong-un.

A YouGov conduziu esta pesquisa antes da visita da chanceler alemã Angela Merkel aos Estados Unidos, e suas conversas com Trump sobre o comércio e o acordo nuclear com o Irã.

A viagem de trabalho, que começou nesta sexta-feira (27) é a segunda visita de Merkel a Washington desde que Trump, que ameaça implementar altas taxas às importações de aço e alumínio da União Europeia, assumiu a presidência dos EUA.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала