Quais são divergências entre Rússia e EUA sobre projeto da estação lunar?

© AP Photo / Michael ProbstAvião sobrevoa com Lua em fundo, Alemanha
Avião sobrevoa com Lua em fundo, Alemanha - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os EUA e os parceiros envolvidos na criação da estação espacial Lunar Orbital Platform — Gateway obrigam a Rússia a construir um módulo de eclusas conforme os padrões técnicos norte-americanos, revelou à Sputnik uma fonte na indústria espacial.

"Isto significa que os sistemas de abastecimento elétrico, de manutenção do controle de temperaturas do módulo, dos sistemas vitais, todas as interfaces devem ser norte-americanas. No decorrer das negociações, foi sempre reiterado que a NASA é o líder do projeto e, por isso, é ela que define as regras do jogo", disse o interlocutor da agência.

Lua de Sangue no céu de Moscou em 15 de junho de 2011 - Sputnik Brasil
Para que servirá estação lunar a construir em parceria entre EUA e Rússia?
Segundo ele, as exigências em relação aos padrões técnicos foram discutidas com todos os parceiros, que, além da Rússia e EUA, são a UE, o Canadá e o Japão. Na maioria dos casos os participantes do projeto se orientam pelas propostas dos EUA, já que a sua indústria espacial usa os padrões norte-americanos desde a época da construção da Estação Espacial Internacional (EEI).

O segmento norte-americano da EEI integra os módulos japonês e europeu, e o braço-manipulador canadense Canadarm. Estes países seguem os padrões e interfaces norte-americanos mas o segmento russo tem seus próprios padrões.

Por exemplo, nos módulos russos da EEI é usado o sistema de abastecimento de energia de 28 volts, e no caso dos EUA são 120 volts. Os componentes químicos em que os sistemas de regulação da temperatura do interior e do exterior se baseiam também diferem. Para além disso, são usados diferentes interfaces nos cabos elétricos e nos sistemas de informação.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала