Trump sobre a Coreia do Norte: 'Estamos longe de uma conclusão'

Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos não fizeram concessões a Pyongyang nas negociações sobre o programa nuclear da Coreia do Norte, afirmou o presidente dos EUA, Donald Trump, via Twitter no domingo.

Lançamento de mísseis balísticos pela Coreia do Norte (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Mídia: conselheiros de Trump consideram novo rumo da Coreia do Norte como 'armadilha'
Pelo Twitter, o apresentador se irritou com comentários do jornalista da NBC, Chuck Todd a quem chamou de "Olhos Sonolentos".

Trump negou informações reproduzidas por Todd na rede de notícias NBC dando conta de que os Estados Unidos teriam flexibilizado as demandas relativas à Coreia do Norte de modo a destravar as negociações.

​Chuck Todd 'Olhos Sonolentos' da [rede de] notícias falsas NBC acabou de afirmar que abrimos mão de tantas coisas em nossas negociações com a Coreia do Norte, e que eles não desistiram de nada. Uau, nós não desistimos de nada e eles concordaram com a desnuclearização (tão importante para o mundo), o fechamento do local [de lançamento de mísseis] e sem mais testes!

Trump continuou a série de tweets dizendo que "estamos muito longe da conclusão com a Coreia do Norte, talvez as coisas funcionem,  talvez não — só o tempo irá dizer… Mas o trabalho que estou fazendo agora deveria ter sido feito há muito tempo atrás".

Na sexta-feira, a Coreia do Norte disse que suspenderá todos os testes de mísseis, além de declarar a intenção de fechar os locais em que essas atividades eram realizadas. O movimento foi justificado por Pyongyang pela necessidade de focar em questões internas que melhorem a economia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала