Descubra uma das armas desconhecidas da guerra na Síria (FOTOS, VÍDEO)

© Sputnik / Vitali Ankov / Abrir o banco de imagensDisparo de lança-chamas russo Shmel
Disparo de lança-chamas russo Shmel - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um dos aspectos menos analisados das operações militares na Síria é o uso das assim chamadas "espadas de fogo" pelas forças do governo, ou seja, lança-chamas de jato.

Na página das Forças Especiais da Síria no Facebook foi publicada a imagem de um soldado da guarda republicana armado com um lança-chamas deste tipo.

Segundo vários especialistas militares, trata-se de uma captura de tela de um vídeo que surgiu na Internet ainda em 2013.

O lança-chamas usado é parecido em muitos aspectos com os modelos ocidentais, por exemplo, com o italiano T-148, assinalou Alexei Brusilov em seu artigo publicado no jornal russo Rossiyskaya Gazeta. No entanto, o especialista não descarta que possa se tratar de um produto de fabricação nacional.

Laboratório químico de militantes na cidade síria de Douma - Sputnik Brasil
Inspetores de armas químicas da OPAQ chegam ao local de suposto ataque na Síria
Mesmo assim, pelo visto, os lança-chamas não são utilizados com muita frequência pelo exército sírio, principalmente devido a seu peso: o armamento chega a pesar 25 quilos e tem um curto raio de ação. Por exemplo, o mencionado T-148 é capaz de atingir alvos somente a 60 metros de distância. Além disso, os lança-chamas podem ser perigosos para os militares que os usam.

No momento, as Forças Armadas sírias possuem armas mais modernas: o lança-chamas reativo russo Shmel. Este é um armamento relativamente compacto, já que pesa aproximadamente 11 quilos. A arma possui um alcance de fogo de 600 metros e o seu alcance máximo corresponde a 1000 metros. Sendo assim, os militares não precisam de se aproximar das posições inimigas.

CC0 / Megapixie / RPO-A missile and launcherLança-chamas reativo Shmel
Lança-chamas reativo Shmel - Sputnik Brasil
Lança-chamas reativo Shmel

Quanto à capacidade de destruir alvos, são incomparáveis, ressaltou Brusilov. O especialista recordou que o poder da munição termobárica de 93 mm do Shmel é equivalente a um projétil de obus de 152 mm.

                                                  Lança-chamas russos Shmel na Síria

​"Como se esperava, em algumas partes do exército, os lança-chamas reativos russos se tornaram muito populares, enquanto os lança-chamas de jato foram esquecidos", concluiu Brusilov.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала