Na Rússia, tempestade mata criança, fere 17 pessoas e deixa 73 mil sem eletricidade

© Sputnik / Natalia Seliverstova / Abrir o banco de imagensPedestres nas ruas de Moscou durante tempestade em 21 de Abril de 2018.
Pedestres nas ruas de Moscou durante tempestade em 21 de Abril de 2018. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma tempestade matou uma criança em Moscou, deixou 17 feridos e 73 mil pessoas em cerca de 900 assentamentos na região central da Rússia sem energia elétrica, segundo informações da mídia e do Departamento do Ministério de Emergências da Rússia no Distrito Federal Central divulgadas neste sábado (21).

Segundo as autoridades, em Moscou, uma criança foi morta e 17 outras pessoas ficaram feridas em consequência da tempestade. 14 deles, incluindo 3 crianças, foram hospitalizados. A tempestade também resultou em centenas de árvores derrubadas e causou danos a várias estruturas.

O prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, publicou uma mensagem no Twitter em que afirma ter expressado suas "profundas condolências" aos pais da criança.

​Já o Departamento do Ministério de Emergências da Rússia no Distrito Federal Central afirmou em comunicado que 73 mil pessoas ficaram sem energia em decorrência da tempestade.

"Como resultado das más condições climáticas […] o fornecimento de energia para cerca de 900 localidades, onde vivem cerca de 73 mil moradores, foi interrompido nos territórios das regiões de Vladimir, Ivanovo, Tver, Smolensk, Ryazan, Moscou e Tula", diz um comunicado divulgado pelo Ministério.

Avião de reconhecimento U-2 norte-americano - Sputnik Brasil
Prenúncio de guerra? Rússia enfrenta cada vez mais aviões-espiões nas suas fronteiras
Cerca de 5 mil trabalhadores e 1,8 mil peças de equipamentos estão operando na restauração da eletricidade da região, acrescentou o comunicado.

No início do dia, o Centro de Pesquisa Hidrometeorológica da Rússia divulgou o nível de perigo laranja para a Rússia central, o que significa que os desastres naturais provavelmente estão na área.

O Ministério de Emergências disse que Moscou e região foram atingidas por fortes chuvas e neve com a velocidade do vento chegando a cerca de 90 km/h.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала