Trump: Batalha entre forças dos EUA e russos na Síria foi 'um triste acontecimento'

© REUTERS / Joshua RobertsO presidente dos EUA, Donald Trump, próximo ao Air Force One em voo para Palm Beach.
O presidente dos EUA, Donald Trump, próximo ao Air Force One em voo para Palm Beach. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente Donald Trump disse na quarta-feira que a batalha entre as forças dos EUA e cidadãos russos na Síria foi um triste acontecimento.

"Tivemos uma luta muito, muito severa na Síria recentemente, um mês atrás, entre nossas tropas e as tropas russas", disse Trump na quarta-feira durante uma coletiva de imprensa conjunta com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe. "É muito triste, mas muitas pessoas morreram nessa luta."

Militantes rebeldes da oposição síria - Sputnik Brasil
General norte-americano confirma o fim do programa da CIA de apoio à oposição síria
Em 20 de fevereiro, o Ministério das Relações Exteriores russo disse que várias dezenas de cidadãos da Rússia e dos países da CEI, que não eram militares foram feridos em um confronto na Síria. O ministério disse que os cidadãos russos estavam presentes na Síria, observando que eles foram para lá por sua própria vontade por várias razões.

Em fevereiro, a coalizão liderada pelos EUA que lutava contra o grupo terrorista Daesh (autodenominado Estado Islâmico) disse que havia realizado ataques aéreos defensivos contra as forças pró-governo na Síria que atacaram a sede das Forças Democráticas da Síria (SDF) apoiadas pelos EUA. Logo depois, a mídia informou que pelo menos 100 soldados pró-governo sírios foram mortos nos ataques da Coalizão.

Em 12 de abril, o diretor da CIA disse, durante uma audiência de nomeação, que algumas centenas de russos foram mortos durante a batalha e citou esta como uma das maiores conquistas da administração Trump.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала