Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Réplica do primeiro tanque pesado soviético passa por testes

Nos siga no
Confira a galeria de fotos da Sputnik como foi o teste do primeiro verdadeiro tanque pesado do mundo!

Especialistas do centro de reparação e restauração de material militar da fábrica Uralelektromed recriaram uma cópia do tanque soviético T-35.

© Sputnik / Pavel Lisitsyn / Abrir o banco de imagensTanque T-35 é o primeiro tanque pesado do mundo desenvolvido na URSS em 1931-1932.
Teste da réplica do T-35 soviético em Ekaterinburgo, Rússia - Sputnik Brasil
1/9
Tanque T-35 é o primeiro tanque pesado do mundo desenvolvido na URSS em 1931-1932.
© Sputnik / Pavel Lisitsyn / Abrir o banco de imagensO T-35 tinha cinco torres, pesava 50 toneladas e tinha prevista uma tripulação de 11 militares.
Teste da réplica do T-35 soviético em Ekaterinburgo, Rússia - Sputnik Brasil
2/9
O T-35 tinha cinco torres, pesava 50 toneladas e tinha prevista uma tripulação de 11 militares.
© Sputnik / Pavel Lisitsyn / Abrir o banco de imagensNo total, a União Soviética lançou 59 unidades de série do veículo.
Teste da réplica do T-35 soviético em Ekaterinburgo, Rússia - Sputnik Brasil
3/9
No total, a União Soviética lançou 59 unidades de série do veículo.
© Sputnik / Pavel Lisitsyn / Abrir o banco de imagensO T-35 era o único tanque de cinco torres no mundo e o mais poderoso do Exército Vermelho nos anos 30.
Teste da réplica do T-35 soviético em Ekaterinburgo, Rússia - Sputnik Brasil
4/9
O T-35 era o único tanque de cinco torres no mundo e o mais poderoso do Exército Vermelho nos anos 30.
© Sputnik / Pavel Lisitsyn / Abrir o banco de imagensNa época da Grande Guerra pela Pátria (parte da Segunda Guerra Mundial, compreendida entre 22 de junho de 1941 e 9 de maio de 1945 e limitada às hostilidades entre a União Soviética e a Alemanha nazista e seus aliados) quatro tanques T-35 participaram da batalha por Kharkov em 1941. Todos se perderam em combate.
Teste da réplica do T-35 soviético em Ekaterinburgo, Rússia - Sputnik Brasil
5/9
Na época da Grande Guerra pela Pátria (parte da Segunda Guerra Mundial, compreendida entre 22 de junho de 1941 e 9 de maio de 1945 e limitada às hostilidades entre a União Soviética e a Alemanha nazista e seus aliados) quatro tanques T-35 participaram da batalha por Kharkov em 1941. Todos se perderam em combate.
© Sputnik / Pavel Lisitsyn / Abrir o banco de imagensO principal armamento de artilharia do T-35 era um canhão de 76,2 mm de modelo dos anos 1927-1932.
Teste da réplica do T-35 soviético em Ekaterinburgo, Rússia - Sputnik Brasil
6/9
O principal armamento de artilharia do T-35 era um canhão de 76,2 mm de modelo dos anos 1927-1932.
© Sputnik / Pavel Lisitsyn / Abrir o banco de imagensDesde o momento de sua criação a até à Grande Guerra pela Pátria (parte da Segunda Guerra Mundial, compreendida entre 22 de junho de 1941 e 9 de maio de 1945 e limitada às hostilidades entre a União Soviética e a Alemanha nazista e seus aliados) ele superava por seu poder de fogo todos os tanques existentes.
Teste da réplica do T-35 soviético em Ekaterinburgo, Rússia - Sputnik Brasil
7/9
Desde o momento de sua criação a até à Grande Guerra pela Pátria (parte da Segunda Guerra Mundial, compreendida entre 22 de junho de 1941 e 9 de maio de 1945 e limitada às hostilidades entre a União Soviética e a Alemanha nazista e seus aliados) ele superava por seu poder de fogo todos os tanques existentes.
© Sputnik / Pavel Lisitsyn / Abrir o banco de imagensNo entanto, o comandante não podia comandar fisicamente cinco torres ao mesmo tempo, por isso, em combate o tanque se mostrou pouco eficaz.
Teste da réplica do T-35 soviético em Ekaterinburgo, Rússia - Sputnik Brasil
8/9
No entanto, o comandante não podia comandar fisicamente cinco torres ao mesmo tempo, por isso, em combate o tanque se mostrou pouco eficaz.
© Sputnik / Pavel Lisitsyn / Abrir o banco de imagensHoje em dia existe apenas um exemplar do T-35 que está no Museu de Tanques e Blindados em Kubinka, região de Moscou.
Teste da réplica do T-35 soviético em Ekaterinburgo, Rússia - Sputnik Brasil
9/9
Hoje em dia existe apenas um exemplar do T-35 que está no Museu de Tanques e Blindados em Kubinka, região de Moscou.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала