Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Inteligência de Israel: ataque dos EUA contra Síria foi um fracasso

© AP Photo / Hassan AmmarCéu de Damasco durante ataque norte-americano na noite entre 13 e 14 de abril
Céu de Damasco durante ataque norte-americano na noite entre 13 e 14 de abril - Sputnik Brasil
Nos siga no
O ataque conjunto dos EUA, Grã-Bretanha e França à Síria na semana passada foi um fracasso em termos de acabar com as capacidades de armas químicas da Síria, disseram autoridades de inteligência israelenses nesta terça-feira.

Um analista da inteligência de Israel afirmou que o pronunciamento do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre "missão cumprida" na Síria simplesmente "não tem base".

"Se o presidente Trump ordenou o ataque apenas para mostrar que os EUA responderam ao uso de armas químicas [pelo presidente sírio Bashar] Assad, então esse objetivo foi alcançado", disse uma autoridade de defesa israelense à YNet News, na terça-feira.

"Mas se havia outro objetivo — como paralisar a capacidade de fabricar armas químicas ou dissuadir Assad de usá-las novamente — é duvidoso que qualquer um desses objetivos tenha sido alcançado", enfatizou a autoridade de defesa.

Centro militar de pesquisa, na cidade síria de Barzeh, atingido por um míssil lançado durante o ataque dos EUA, Reino Unido e França em 13 de abril - Sputnik Brasil
Analistas russos: por que alvos dos EUA na Síria não liberaram resíduos após ataques?
"A declaração de 'Missão Cumprida' e de que a capacidade de Assad de usar armas químicas foi fatalmente comprometida não tem base", disse um outro  funcionário da inteligência israelense à YNet News.

O Ministério da Defesa da Rússia anunciou na segunda-feira que os sistemas antiaéreo e de defesa aérea Pantsir-S1 da Síria interceptaram 71 dos 103 mísseis disparados pelas forças norte-americanas, francesas e britânicas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала