Astrônomos encontram traços de supervulcão marciano antigo (FOTOS)

CC BY-SA 3.0 / ESA/DLR/FU Berlin / Cratera marciana Ismenia Patera
Cratera marciana Ismenia Patera - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na região marciana de Arabia Terra encontra-se uma cratera conhecida como Ismenia Patera. Há vários anos, astrônomos debatem sobre sua origem, mas as novas imagens da Agência Espacial Europeia (ESA) podem lançar luz ao assunto.

Ismenia Patera tem diâmetro de 75 quilômetros e profundidade de 1.750 metros. É uma das numerosas depressões que ocupam a superfície desta região do Hemisfério Norte marciano. No entanto, seu tamanho supera o da maioria das crateras em Marte.

Cratera na superfície de Marte - Sputnik Brasil
Ao centro de Marte: NASA prestes a descobrir segredos do Planeta Vermelho
Ainda não está claro se a cratera se formou em resultado de queda de meteorito ou erupção de um vulcão. Os cientistas supõem que a formação teria surgido em resultado de um meteorito que caiu há milhões de anos, mas a teoria não é bem argumentada.

Vale a pena destacar que Ismenia Patera apresenta dois níveis de depressões, algo fora do comum em quedas de meteoritos.

Por esta razão, astrônomos acreditam mais e mais que um supervulcão entrou em erupção, formando o buraco. Não obstante, as duas depressões irregulares da cratera poderiam ter sido frutos de duas erupções diferentes.

CC BY 3.0 / ESA/DLR/FU Berlin / Visão topográfica da cratera marciana Ismenia Patera
Visão topográfica da cratera marciana Ismenia Patera - Sputnik Brasil
Visão topográfica da cratera marciana Ismenia Patera

As imagens que a ESA conseguiu tirar na região marciana em questão mostram a misteriosa cratera em todo o seu esplendor e podem finalmente dissipar as dúvidas que até o momento rodeiam a origem da depressão. Agora a teoria mais provável é que um supervulcão teria lançado quantidades enormes de cinzas e de lava há mais de 3.000 milhões de anos. Isso, por sua vez, contribuiu para surgimento da cratera.

Alguns desses supervulcões — como aquele que poderia ter descansado em Ismenia Pater — poderiam ter sido causadores da mudança climática no Planeta Vermelho, assegurou Jacob Bleacher, investigador do Centro de voo espacial Goddard da NASA (EUA).

CC BY 3.0 / ESA/DLR/FU Berlin / Imagem 3D da cratera Ismenia Patera (Marte)
Imagem 3D da cratera Ismenia Patera (Marte) - Sputnik Brasil
Imagem 3D da cratera Ismenia Patera (Marte)

Supervulcão refere-se a um vulcão que produz os maiores tipos de erupções; são vulcões com potencial de gerar catástrofes globais. Análises geológicas demonstraram que supervulcões formam grandes caldeiras, que após a explosão se parecem mais com crateras; ao contrário dos vulcões comuns que possuem normalmente domo em forma de cone.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала