Aviões de reconhecimento dos EUA ocupam posições estratégicas no Mediterrâneo

© Sputnik / Vladimir Rodionov / Abrir o banco de imagensVista da ilha de Creta, Grécia
Vista da ilha de Creta, Grécia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Dois aviões de reconhecimento estadunidenses aterrissaram no aeródromo de Heraclião, Creta, provavelmente para ocupar posições cruciais em caso de uma operação militar na Síria.

Segundo informa o site Iefimerida, dois aviões militares dos EUA que chegaram a Creta — MC-12S EMARSS e MC-12W Liberty — já participaram de grandes operações aéreas, como a Operação Liberdade Duradoura no Afeganistão e Iraque. Além disso, as aeronaves desse tipo também foram usadas no decurso de operações de menor escala na África e América Latina.

Em Creta, na baía de Suda, localiza-se a base militar norte-americana.

Segundo escreva o jornal grego To Vima, as bases militares dos EUA e Reino Unido provavelmente irão desempenhar papel crucial na operação militar síria.

Marinheiros russos e sírios efetuam manobras conjuntas no porto de Tartus - Sputnik Brasil
Navios russos teriam deixado a base síria de Tartus (FOTOS)
Ao mesmo tempo, informa-se que em 9 de abril o avião de espionagem RS 135 V 9 decolou do aeródromo de Suda e sobrevoou a zona do Mediterrâneo Oriental para recolher dados.

Essa base militar norte-americana em Creta já desempenhou papel-chave em várias guerras nos países do Mediterrâneo. Por exemplo, foi usada na Guerra Árabe-Israelense de 1973, no decurso da guerra na Iugoslávia e ataques contra Líbia em 1986.

Vale destacar que duas bases militares do Reino Unido, que também se situam no Chipre — Acrotíri e Deceleia — podem funcionar sem informar o governo cipriota, pois as bases se encontram sob soberania do Reino Unido.

De acordo com a mídia, as foças britânicas também posicionaram no Chipre seu radar de alta tecnologia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала