'Ouro é uma religião': multimilionário é contra ouro e bitcoin

CC0 / Pixabay / Ouro (imagem referencial)
Ouro (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O multimilionário, empresário e investidor norte-americano, Mark Cuban, garante que nem ouro nem bitcoin são alternativas às divisas tradicionais.

"Odeio ouro. Ouro é uma religião", disse Mark Cuban — empresário norte-americano e dono da equipe de basquete Dallas Mavericks da NBA em entrevista ao Kitco News.

O investidor acredita que, embora o ouro tenha valor fundamental, qualquer outro aspecto do ouro é simplesmente o de ser "colecionável" e nada mais. Cuban acrescentou que o ouro e o bitcoin “são o mesmo”.

Logo do petro - Sputnik Brasil
Concorrente do dólar? Analista avalia decisão da Rússia de aceitar pagamentos em petro
"O valor se baseia na oferta e na demanda. A boa notícia sobre o bitcoin é que tem uma oferta limitada e a má notícia sobre o ouro é que será extraído mais [ouro]", declarou o multimilionário.

Segundo ele, o melhor investimento que uma pessoa pode fazer é pagar qualquer dívida que tem.

"Se você tem um empréstimo estudantil com uma taxa de juro de 7% e paga sua dívida, ganha 7%, ou seja, trata-se de devolução imediata, que pode ser muito mais segura do que optar por ações ou tentar investir em bens imobiliários ou qualquer outra coisa", opinou ele.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала