Arqueólogos encontram ruínas de templo antigo no meio de deserto (FOTOS)

Nos siga noTelegram
Arqueólogos descobriram no território do Egito os restos de um templo greco-romano, comunicou nesta sexta-feira (6) o portal Science Alert.

Os pesquisadores encontraram ruínas da seção frontal do tempo, fragmentos de sua fundação e a entrada principal, bem como a parede externa de quase um metro de espessura. Os elementos do edifício antigo são decorados com baixo-relevo do estilo greco-romano.

© Foto / Ministério das Antiguidades do EgitoEscavações no deserto da Líbia, perto do Oásis de Siuá
Escavações no deserto da Líbia, perto do Oásis de Siuá - Sputnik Brasil
Escavações no deserto da Líbia, perto do Oásis de Siuá

Os pesquisadores descobriram também moedas, peças de cerâmica, bem como a escultura da cabeça de um homem. Além disso, os arqueólogos descobriram duas estátuas de leão de pedra calcária, uma das quais é sem cabeça.

© Foto / Ministério das Antiguidades do EgitoEscavações no deserto da Líbia, perto do Oásis de Siuá
Escavações no deserto da Líbia, perto do Oásis de Siuá - Sputnik Brasil
Escavações no deserto da Líbia, perto do Oásis de Siuá

O local das escovações se encontra no deserto da Líbia, a distância de 300 quilômetros do mar Mediterrâneo, perto do Oásis de Siuá. Pessoas começaram a habitar essa área uns 10 mil anos atrás, uma vez que a construção do templo, segundo estimativas preliminares, foi realizada no período de 200 a.C. a 300 d.C. O mundo científico não dispõe de muitas ruínas datadas daquela época, o que torna o achado ainda mais valioso, assinalou o portal.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала