Panamá retira embaixador da Venezuela após inclusão em 'lista de risco'

© REUTERS / Ueslei MarcelinoManifestantes tremulam um bandeirão da Venezuela em manifestação contra o presidente dos EUA, Donald Trump, em Caracas, Venezuela (agosto de 2017)
Manifestantes tremulam um bandeirão da Venezuela em manifestação contra o presidente dos EUA, Donald Trump, em Caracas, Venezuela (agosto de 2017) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
No mês passado, o Panamá havia incluído o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, em uma lista de risco por envolvimento em lavagem de dinheiro. Caracas reagiu suspendendo relação comerciais com empresas e autoridades.

O Panamá decidiu nesta quinta-feira (6) retirar seu embaixador da Venezuela e pediu ao governo do país petrolífero que faça o mesmo com seu representante diplomático na Cidade do Panamá. A informação foi divulgada através de um comunicado do Ministério das Relações Exteriores panamenho. 

Jerusalém - Sputnik Brasil
Panamá nega planos para mover a embaixada de Israel para Jerusalém
O Panamá informou que a medida foi uma resposta à decisão da Venezuela de suspender as relações comerciais com uma série de autoridades e empresas panamenhas, incluindo a companhia aérea Copa e o presidente Juan Carlos Varela, por suposto envolvimento em lavagem de dinheiro.

No mês passado, o Panamá incluiu o presidente venezuelano Nicolás Maduro em uma lista de cidadãos venezuelanos que são considerados "de alto risco" por lavagem de dinheiro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала