- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

PT promete defender candidatura de Lula 'até as últimas consequências'

© AFP 2022 / Miguel Schincariol / Abrir o banco de imagensBandeira do PT em manifestação de apoio ao partido, em 16 de agosto de 2015
Bandeira do PT em manifestação de apoio ao partido, em 16 de agosto de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Partido dos Trabalhadores (PT) se manifestou com grande indignação após o Supremo Tribunal Federal negar o pedido de habeas corpus da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na madrugada desta quinta-feira, afirmando que irá defender até as últimas consequências o direito de Lula se candidatar à presidência em 2018.

Por 6 votos a 5, os ministros do STF decidiram negar a solicitação dos advogados do ex-chefe de Estado para que ele respondesse em liberdade até o esgotamento dos seus recursos, em todas as instâncias, no caso do triplex do Guarujá, pelo qual foi condenado, em segunda instância, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, a 12 anos e um mês de prisão. A decisão provocou forte reação dos partidários de Lula, que defendem a inocência do ex-presidente e afirmam que ele não foi julgado de maneira devida.

De acordo com o PT, "a nação e a comunidade internacional sabem que Lula foi condenado sem provas, num processo ilegal em que juízes notoriamente parciais não conseguiram sequer caracterizar a ocorrência de um crime". Para o partido, Lula teve negado o direito de se defender em liberdade até a última instância devido a uma pressão exercida por outros grupos, "orquestrada pela Rede Globo".

"Quem tem a força do povo, quem tem a verdade ao seu lado, sabe que a Justiça ainda vai prevalecer", afirmou a Comissão Executiva Nacional do PT.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала