Su-57 russo poderá lançar bombas-'furadeiras' com 500 kg de peso

© Sputnik / Yevgeny Biyatov / Abrir o banco de imagensCaça russo Su-57
Caça russo Su-57 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os caças russos da 5ª geração Su-57 poderão portar a bordo a novíssima bomba aérea Drel ("Furadeira", em russo), comunicou o vice-diretor-geral do consórcio Tekhmash, Aleksandr Kochkin.

"A Drel pode ser usada em todos os tipos de aviões — desde os bombardeiros estratégicos de longo alcance até os caças-bombardeiros", disse o representante da empresa, citado pelo portal Lenta.ru.

Kochkin relembrou que este tipo de bomba permite lançar ataques contra alvos sem entrar na zona de defesa antiaérea do inimigo.

"Um avião lança uma bomba, ela paira, e as ogivas autoguiadas alcançam o território adjacente ao alvo", explicou.

No início de janeiro, o chefe do Tekhmash, Vladimir Lepin, comunicou que a Drel estava passando por provas estatais desde 2016 e estaria pronta para entrar no serviço em 2018.

O caça russo MIG-31 - Sputnik Brasil
Caça-interceptor MiG-31 passa por modernização para portar novos mísseis russos
O peso da cassete da bomba junto com as ogivas autoguiadas é de 500 quilos. Apenas uma Drel é capaz de fazer parar uma bateria de artilharia ou uma coluna blindada do inimigo. O alcance da bomba é mais de 30 quilômetros, embora não tenha motor próprio.

O Su-57 (PAK FA) é o primeiro caça russo da 5ª geração. O avião tem baixa visibilidade para os sistemas do inimigo, alta capacidade de manobra, sendo capaz de voar a velocidades supersônicas sem pós-combustão. Pelas suas caraterísticas, pode ser comparado ao caça-bombardeiro estadunidense F-35.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала