ONU amplia sanções contra empresas por comércio com Coreia do Norte

© AFP 2022 / KENA BETANCURRepresentante permanente dos EUA na ONU Nikki Haley
Representante permanente dos EUA na ONU Nikki Haley - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Comitê do Conselho de Segurança da ONU para a Coreia do Norte, atendendo uma proposta dos EUA, adotou nesta sexta-feira sanções contra 21 transportadoras navais, 27 navios e uma pessoa física.

A notícia foi confirmada pela representação permanente dos Estados Unidos junto às Nações Unidas.

Former U.S. Ambassador to the United Nations John Bolton speaks at the Conservative Political Action Conference (CPAC) in Oxon Hill, Maryland, U.S. (File) - Sputnik Brasil
Cético, novo assessor de Trump sugere que Coreia do Norte quer 'enrolar' os EUA
As medidas contra as empresas e as pessoas físicas com relações comerciais com a Coreia do Norte, em violação das sanções internacionais, foram as mais amplas, desde o anúncio das restrições pelo Conselho de Segurança.

Os nomes das pessoas jurídicas e físicas foram propostas pelos EUA no mês passado, após o correspondente anúncio pelo Departamento do Tesouro do país. A medidas visam impedir a compra de petróleo e de carvão por Pyongyang.

"A aprovação dessa lista histórica de sanções emite um claro sinal sobre a união da comunidade internacional e dos seus esforços para exercer uma pressão máxima contra o regime norte-coreano", declarou a representante permanente dos EUA na ONU, Nikky Haley. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала