Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Nova família de jatos da Embraer decola na Noruega com apoio do BNDES

© REUTERS / Nacho DoceBrazilian aircraft maker Embraer's CEO Frederico Curado (R) salutes workers next to an new Embraer E190-E2 during its unveil in Sao Jose dos Campos, Brazil, February 25, 2016.
Brazilian aircraft maker Embraer's CEO Frederico Curado (R) salutes workers next to an new Embraer E190-E2 during its unveil in Sao Jose dos Campos, Brazil, February 25, 2016. - Sputnik Brasil
Nos siga no
BNDES liberou US$ 85 milhões para apoiar a exportação de até 15 aeronaves E-190 E2, da família de E-Jets E2, para a empresa norueguesa Wideroe, informou o banco nesta quinta-feira.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento às exportações da nova família de jatos comerciais da Embraer. As aeronaves do modelo E190-E2, o primeiro membro da família de E-Jets E2, serão vendidas para a empresa aérea norueguesa Wideroe.

Imagem do modelo E195-E2, da mais nova geração da empresa brasileira de aviação Embraer - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Perto de ser negociada com a Boeing, Embraer teve lucro de R$ 795,8 milhões no ano passado
O contrato entre a Wideroe e a Embraer contempla a possibilidade de compra de aeronaves E2 nos próximos anos, o que poderá resultar num total de 15 aeronaves exportadas. A Wideroe é a maior companhia aérea regional da Escandinávia e será a primeira companhia aérea no mundo a receber o novo E190-E2, informou o banco. 

O primeiro voo comercial está previsto para o dia 24 de abril, na Noruega.

A Noruega é reconhecida como uma das grandes defensoras das causas relacionadas à preservação do meio ambiente e é o principal doador ao Fundo Amazônia, também gerido pelo BNDES. Segundo a Embraer, a venda do primeiro E2 para o país qualificaria o jato como um dos mais ecológicos em sua categoria. 

Os novos sistemas e motores do E190-E2 proporcionam uma economia da ordem de 17% no consumo de combustível, bem como menor emissão de gases e ruídos, em comparação à primeira geração do E190, informou a empresa brasileira.

Além de financiar a comercialização, o BNDES participou do próprio desenvolvimento da nova família de jatos Embraer. Entre 2014 e 2015, o Banco liberou R$ 1,2 bilhão ao projeto.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала