Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Por 'repressão interna' Suíça anuncia sanções contra Venezuela

© REUTERS / Carlos BarriaNicolás Maduro, presidente da Venezuela
Nicolás Maduro, presidente da Venezuela - Sputnik Brasil
Nos siga no
O governo suíço assinou uma ordem executiva nesta quarta-feira (28) proibindo as exportações de bens e tecnologia para a Venezuela que poderiam ser utilizadas para repressão dentro do país.

"Como tal, a Suíça está se alinhando às sanções impostas pela União Europeia como resultado das violações dos direitos humanos e do enfraquecimento do estado de direito e das instituições democráticas", diz o comunicado anunciando as sanções.

Presidente Alain Berset quer negociar ampla pauta com o bloco sul-americano - Sputnik Brasil
Suíça quer dar um ‘chocolate’ em europeus e fechar antes acordo com o Mercosul
A proibição diz respeito "ao fornecimento, exportação e trânsito para a Venezuela de armas e bens que podem ser utilizados para repressão interna", incluindo softwares que podem ser usados para interceptar comunicações por telefone e pela internet.

Ativos pertencentes a vários indivíduos, empresas e organizações venezuelanas também foram congelados, enquanto 7 ministros venezuelanos e altos funcionários foram proibidos de entrar no país.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала