Vice-chanceler acusa Reino Unido de mentir sobre caso Skripal

© Sputnik / Yevgeny Biyatov / Abrir o banco de imagensVista do Kremlin e Ministério das Relações Exteriores da Rússia
Vista do Kremlin e Ministério das Relações Exteriores da Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov, classificou a apresentação da embaixada do Reino Unido sobre alegações do envolvimento de Moscou no ataque ao ex-espião Sergei Skripal como "um monte de mentiras descaradas".

"Estamos gratos ao Ministério das Relações Exteriores [do Reino Unido] pela oportunidade de dizer mais algumas palavras sobre o recente briefing na Embaixada Britânica em Moscou. O documento, apresentado neste briefing, contém um conjunto comum de declarações a autoridades britânicas sobre a Rússia", disse Ryabkov à Sputnik.

"Também contém um monte de mentiras descaradas", enfatizou o diplomata russo.

As relações entre o Reino Unido e a Rússia deterioram drasticamente depois que a primeira-ministra britânica, Theresa May, culpou Moscou pela "tentativa de assassinato" do ex-espião russo, Sergei Skripal, em Salisbury, e ordenou a expulsão de 23 diplomatas russos como retaliação.

Vista do Kremlin de Moscou - Sputnik Brasil
Opinião: caso Skripal é usado para impedir planos da Rússia no palco internacional
A Rússia refutou todas as acusações e respondeu de maneira simétrica às ações de Londres, anunciando o fechamento do consulado britânico em São Petersburgo e do escritório da organização British Council, em Moscou. 

Na segunda-feira, Washington decidiu expulsar 60 diplomatas russos pelo caso do ex-agente duplo russo Sergei Skripal, envenenado no Reino Unido, além de ordenar o fechamento do consulado russo em Seattle.

Outros 22 países, incluindo 16 Estados membros da União Europeia (UE), anunciaram medidas similares, embora em menor escala.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала