'Caças russos Su-35 e MiG-35 têm bom desempenho na teoria', diz revista norte-americana

Nos siga noTelegram
Os caças russos Su-35 e MiG-35 têm bom desempenho na teoria, mas não na prática, afirma a revista norte-americana The National Interest.

A publicação da revista analisa as razões da Índia ter diminuído sua cooperação técnica e militar com a Rússia em favor dos EUA e União Europeia. A revista observa que a Índia está em busca de um caça bimotor. Caças norte-americanos F/A-18E/F Super Hornet, Eurofighter Typhoon, franceses Rafale e russos Su-35 e MiG-35, estão entre os candidatos.

"Os caças russos têm bom desempenho na teoria, mas a Índia está decepcionada com a assistência pós-venda e falhas frequentes do equipamento, inclusive com os caças MiG-29 e Su-30MKI", noticia a revista.

Além disso, a The National Interest enfatizou que as autoridades indianas se decepcionam cada vez mais com o Su-57, reclamando publicamente dos motores de fraca potência, baixa visibilidade do caça e "falta de transparência em relação aos problemas".

Sukhoi Su-35 - Sputnik Brasil
Su-35 completa 10 anos: até onde chegou 'predador celestial' russo? (VÍDEO)
A revista supõe que os caças norte-americanos F-35 e F/A-18E/F Super Hornet têm boas chances de se tornarem as "próximas superarmas das Forças Aéreas da Índia".

A The National Interest anunciou, em 28 de fevereiro, que pilotos de F-22 Raptor e F-35 Lightning II das Forças Aéreas dos EUA têm poucas chances de enfrentar o Su-57 em combates a curta distância e classificou os caças russos de "provavelmente, uma das melhores aeronaves já feitas" para combates em zona de visibilidade direta. Ao mesmo tempo, os analistas observaram que os caças norte-americanos têm suas vantagens devido à tecnologia de invisibilidade.

O Su-35S é um caça multifuncional de 4ª geração, a última aeronave de combate construída com base na plataforma T-10S, que se tornou a base para os caças Su-27 e Su-30 e suas modificações. A aeronave é comprada pelas Forças Aéreas da Rússia (dois contratos para um total de 98 aeronaves). A China comprou 24 caças Su-35SK e as primeiras entregas foram realizadas em dezembro de 2016.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала