Caças do Qatar interceptam aeronave civil dos Emirados Árabes Unidos

Nos siga noTelegram
Dois caças do Qatar voaram perigosamente perto de dois aviões civis dos Emirados Árabes Unidos enquanto eles estavam no espaço aéreo do Bahrein nesta segunda-feira (26), informou a agência de notícias estatal dos Emirados Árabes Unidos.

A agência WAM diz que a Autoridade de Aviação Civil Geral dos Emirados Árabes Unidos condenou a "ação provocativa". O órgão disse que não é o primeiro registro de aeronaves militares do Qatar voando próximas demais de aviões civis nos Emirados Árabes Unidos e que a situação já foi denunciada à Organização da Aviação Civil Internacional (OACI na sigla em inglês) — a agência de aviação das Nações Unidas.

A agência de aviação do Bahrein confirmou o incidente e afirmou que dois caças do Qatar voaram sob um Airbus 320 dos Emirados Árabes Unidos que tinha como destino a Itália. A presença das aeronaves militares fez com que o avião civil aumentasse sua altitude. Não foi divulgada o nome da companhia área envolvida.

Bomba de fragmentação (bomba cluster) - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Bombas de fragmentação: as mortes no exterior que militares do Brasil não permitem evitar
As autoridades do Bahrein também afirmaram que os caças do Qatar entraram no espaço aéreo do país sem autorização.

Os Emirados Árabes Unidos, juntamente com a Arábia Saudita, Bahrein e Egito, impuseram sanções diplomáticas e comerciais ao Qatar em junho de 2017 sob a acusação de que Doha apoia o Irã e extremistas islâmicos. O Qatar nega a acusação e diz que há uma tentativa de interferir em sua política externa. 

O Qatar também pediu que a OACI intervenha porque Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Bahrein e Egito fecharam seus espaços aéreos para suas aeronaves.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала