Maior parte da população dos EUA acredita que ter armas de fogo aumenta a segurança

© AP Photo / Brennan LinsleyLoja de venda de armas no Colorado, Estados Unidos (foto de arquivo).
Loja de venda de armas no Colorado, Estados Unidos (foto de arquivo). - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
58% dos estadunidenses acreditam que a posse de uma arma aumenta a segurança ao permitir que cidadãos que respeitam a lei possam se defender, enquanto 38% creem que ter um armamento diminui a segurança porque muitas pessoas têm acesso à armas de fogo, o que aumenta a chance de um uso acidental.

O levantamento é de uma pesquisa da NBC News/Wall Street Journal com 1.100 pessoas e divulgada nesta sexta-feira (23). A margem de erro é de três pontos percentuais.

Donald Trump discursando em evento da NRA em 2017. - Sputnik Brasil
Qual é o lobby que bloqueia o debate sobre venda de armas nos EUA?
Existe uma grande diferença de opinião entre os partidários do Partido Democrata e o Partido Republicano. Enquanto 28% dos democratas acreditam que as armas aumentam a segurança, 89% dos republicanos compartilham da mesma visão. 

Os números mostram uma reversão do cenário encontrado em 1999, quando 52% da população afirmaram que ter uma arma diminui a segurança.

Outra diferença encontrada com a pesquisa de 1999 é o aumento do número de estadunidenses que têm uma arma de fogo em casa: 47% contra 44%.

No sábado (24), o dia será marcado por protestos contra a venda de armas. O evento foi convocado após Nikolas Cruz matar 17 pessoas na escola de ensino médio Marjory Stoneman Douglas, na Flórida, com um rifle de assalto semi-automático AR-15.

A arma foi comprada legalmente. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала