Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Dizendo que Rússia tem algo comprometedor contra Trump, EUA resolvem muitos problemas'

© AP Photo / Andrew HarnikAgente do serviço secreto perto da Casa Branca em Washington
Agente do serviço secreto perto da Casa Branca em Washington - Sputnik Brasil
Nos siga no
Ex-chefe da CIA opina que a Rússia tem "algo comprometedor" contra o presidente norte-americano Donald Trump. O cientista político Ildus Yarulin comenta estas suposições em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.

Míssil balístico intercontinental russo R-36M2, antecessor do RS-28 Sarmat - Sputnik Brasil
Quantos mísseis são precisos para conter ICBM russo Sarmat? Senador aponta
"Digo que talvez os russos tenham algo e é por isso que Trump fica preocupado. Ele sabe melhor do que todos nós se os russos têm algo contra ele ou não", disse o ex-chefe da CIA, John Brennan, citado pelo jornal The Hill.

Brennan fez esta declaração depois da conversa telefónica entre Vladimir Putin e Donald Trump, em que o presidente norte-americano felicitou o seu homólogo por ocasião da reeleição.

Na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, o cientista político Ildus Yarulin, da Universidade Estatal do Pacífico, fala do que pode estar por trás desta campanha contra Donald Trump.

"Em primeiro lugar trata-se das eleições para o Congresso dos EUA em novembro. Se os democratas conseguirem obter a maioria, vão 'derrotar' Trump. Por isso, agora se faz tudo o possível para estragar essa campanha eleitoral, acusar Trump de quaisquer ligações à Rússia, de ele gostar de Putin", opina Yarulin.

Apresentação gráfica dos testes do míssil Sarmat utilizada durante discurso do presidente russo, Vladimir Putin, perante a Assembleia Federal, 1º de março de 2018 - Sputnik Brasil
Rússia recupera equilíbrio estratégico de poder sem violar acordos, diz especialista
Ele também disse que, caso contrário, se os democratas perderem, Trump ganhará chances de um segundo mandado. Para evitar isso, faz-se tudo para o "deitar abaixo" logo no início. O analista sublinha: "Acusando Trump de 'ligações à Rússia', nos EUA resolvem muitos problemas internos".

Vários políticos norte-americanos, em particular John McCain, criticaram o presidente norte-americano por ele ter felicitado Vladimir Putin pela reeleição na Rússia. Além do mais, os conselheiros de Trump o aconselharam a limitar os contatos com o presidente russo. Mas Trump declarou em resposta que os EUA precisam de boas relações com a Rússia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала