Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Índia abrirá 18 missões diplomáticas na África

Nos siga no
Seguindo a estratégia do Brasil, que, no governo de Luiz Inácio Lula da Silva, abriu diversas embaixadas na África, o governo indiano aprovou a abertura de 18 missões diplomáticas no continente africano.

"Aprofundando nossos laços com a África", escreveu o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi.

A medida, que deve ser concluída até 2021, está sendo vista como uma tentativa da Índia de concorrer com a vizinha China pelos recursos naturais da região. Além disso, também protegerá os interesses marítimos de Nova Deli, dado o aumento de ataques contra navios mercantes na costa africana.

Presidente da Comissão da União Africana Moussa Faki Mahamat, à esquerda, posa ao lado do ministro chinês das Relações Exteriores, Wang Wi, à direita. Encontro aconteceu em Pequim, no dia 8 de fevereiro de 2018. - Sputnik Brasil
Como China e Estados Unidos disputam influência na África

"A abertura de novas missões também é um passo para implementar a visão de maior cooperação e engajamento com a África", disse o governo indiano em um comunicado após a decisão tomada na noite da última quarta-feira.

Com a abertura das novas representações, em Burkina Faso, Camarões, Cabo Verde, Chade, República do Congo, Djibuti, Guiné, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Eritreia, Libéria, Mauritânia, Ruanda, São Tomé e Príncipe, Serra Leoa, Somália, Suazilândia e Togo, a Índia aumentará para 47 o número de suas missões no continente africano.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала