Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Mais uma promessa, mais alguns soldados curdos

© Sputnik / Vitaly Podvitsky Mais uma promessa, mais alguns soldados curdos
Mais uma promessa, mais alguns soldados curdos - Sputnik Brasil
Nos siga no
Os Estados Unidos vão tomar medidas para evitar conflitos com a Turquia na Síria, afirmou o representante do Pentágono, coronel Rober Manning.

"Como sabem, as forças dos EUA estão em Manbij, mas não temos tropas em Afrin, no oeste da Síria […] Mas todos sabem que as Forças Armadas estadunidenses estão presentes [na Síria]. E vamos tomar medidas para evitar conflitos."

Em 20 de janeiro, a Turquia iniciou a operação militar Ramo de Oliveira em Afrin e Manbij sírias contra as Unidades de Proteção Popular (YPG) curdas, que Ancara considera como grupo terrorista e extensão do proibido Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) turco.

Washington, por sua vez, oferece, há anos, apoio aos combatentes curdos na Síria, no âmbito do combate ao terrorismo na região, ao desagrado de Ancara.

Segundo acreditam analistas, com o início da operação turca na Síria, Estados Unidos, de certo modo, "lavaram as mãos", deixando uma força que tinha apoiado por muito tempo a enfrentar as forças turcas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала