EUA ameaçam 'tomar providências' sobre caso de envenenamento de ex-espião russo

© AP Photo / Alex BrandonHeather Nauert
Heather Nauert - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos podem tomar medidas contra a Rússia sobre o caso Skripal e apoiar a decisão do governo britânico de expulsar diplomatas russos, disse a porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Heather Nauert, durante uma coletiva de imprensa.

"Nós entendemos e apoiamos o que o governo britânico escolheu fazer em termos de expulsar diplomatas russos de seu país", disse Nauert. "Não vamos adiantar algumas de nossas atividades, mas estamos observando de perto e podemos já estar tomando providências"

Officials in protective suits check their equipment before repositioning the forensic tent, covering the bench where Sergei Skripal and his daughter Yulia were found, in the centre of Salisbury, Britain, March 8, 2018 - Sputnik Brasil
OPAQ levará pelo menos três semanas para analisar substância que envenenou Skripal
O ex-espião Sergei Skripal e sua filha foram encontrados inconscientes em um banco em um centro comercial em Salisbury em 4 de março. Londres afirmou que o produto químico usado para envenená-los foi feito na Rússia, sem fornecer nenhuma prova, no entanto. O ex-coronel da GRU foi julgado na Rússia por passar informações críticas para o Mi6 do Reino Unido.

Recentemente, o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov, anunciou que Londres estava tentando usar o secretariado da OPEP para apoiar suas acusações infundadas contra Moscou.

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse anteriormente que Moscou estava pronto para cooperar na investigação do caso, acrescentando que o exame das amostras da substância em questão era necessário.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала